Ambliopia e a importância do rastreio dos fatores ambliogénicos

Publicada em: 01 Fev 2018

Dr. Renato Silva foi o convidado do programa Consultório do Porto Canal

Foto

O Dr. Renato Silva, especialista em Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo da Iberoftal no CUF Porto Hospital, esteve presente no programa Consultório do Porto Canal de dia 31/01/2018 onde falou sobre Ambliopia e a importância do rastreio dos factores ambliogénicos.

A detecção de anomalias oculares em crianças é particularmente importante, pois elas estão sujeitas a uma diminuição permanente da acuidade visual provocada por erros refrativos não corrigidos (miopia, hipermetropia e astigmatismo), estrabismo ou hipotransparência dos meios oculares (ex. catarata congénita) entre outras situações que afectam a qualidade da visão.

Normalmente, a ambliopia é susceptível de tratamento até aos 10 anos, devido à plasticidade das vias visuais. Quanto mais cedo for detectada a presença de factores ambliogénicos e for iniciado o tratamento da ambliopia, mais fácil e rápida será a recuperação da acuidade visual. A ambliopia tornar-se- á definitiva se não for sujeita a tratamento ou se este for insuficiente durante a infância.

Por estas razões é aconselhada a realização de um rastreio visual em todas as crianças pelos 2 anos e entre os 4 e 6 anos de idade.

 

Pode assistir ao programa na íntegra aqui

Para mais informações sobre a Iberoftal contacte-nos directamente para:
geral@iberoftal.com