Miopia na Criança

Publicada em: 06 Jun 2018

Equipa de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo da Iberoftal - Braga na Revista SPOT

Foto

 

A miopia aumenta nas primeiras décadas de vida, particularmente durante a infância tardia e a adolescência.

O excesso de utilização da visão de perto, que inclui a leitura frequente e regular mas também a utilização de tablets e smartphones, constitui também um factor de risco cada vez mais relevante tendo em conta a era tecnológica que vivemos. Para além destes aspectos, a evidência científica também revelou que as crianças que passam grande parte do tempo em ambientes fechados tem maior propensão para desenvolver a doença.

De modo a prevenir o desenvolvimento ou a progressão da miopia é aconselhável para qualquer criança, mas principalmente para aquelas que já a apresentam, que privilegiem actividades diárias em ambientes expostos à luz natural (40 minutos no mínimo) e que façam pausas regulares quando utilizam de forma mais prolongada a visão de perto (leitura, por exemplo). No caso dos tablets e smartphones, a sua utilização até aos 2 anos de idade deve ser evitada, entre os 3 e os 5 deve ser no máximo de 1 hora por dia e a partir dos 6 não deve ultrapassar as 2 horas diárias.

Equipa de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo da Iberoftal - Clínica Oftalmológica de Braga, composta pela Dr.ª Sandra Guimarães, Dr.ª Paula Bompastor e Dr. Ricardo Dourado Leite (autor do texto), em artigo da Revista Spot sobre a Miopia na criança.

Para mais informações sobre a Iberoftal contacte-nos directamente para:
geral@iberoftal.com